Alcalá de Henares

  • alcalaHenares_1400576192.417.jpg
  • O que ver
  • História
  • Tradição e gastronomia
  • Como chegar

A 30 quilómetros de Madrid encontra-se Alcalá de Henares, uma das cidades mais importantes para a história da língua espanhola. Foi em Alcalá de Henares que se fundou em 1499 a Universidade Complutense, que reivindicou desde as suas origens o nosso idioma como língua de cultura, motivo pelo qual Alcalá de Henares forma parte do “Camino de la Lengua Castellana”. Desde 1998 é cidade Património da Humanidade da UNESCO, pelo seu legado monumental.

Colegio Mayor de San Ildefonso

A sua construção iniciou-se em 1537, segundo os planos de Rodrigo Gil de Hontañón (arquiteto das catedrais de Salamanca e de Segóvia), em estilo mudéjar. Os trabalhos foram concluídos em 1553, pelo construtor Pedro de la Cotera. A fachada é de estilo plateresco, e nela se destaca a elegante decoração e o forjado do seu gradeamento. O seu interior conserva ainda dois dos três claustros do Colégio Maior: o Pátio de Santo Tomás de Villanueva e o Trilingüe. Dentro do edifício pode visitar-se o paraninfo da Universidade de Alcalá de Henares, onde tinha lugar a cerimónia de graduação dos alunos, e onde se celebravam os principais atos académicos – e onde, cada 23 de abril, tem lugar a entrega do Prémio Cervantes, o maior reconhecimento das Letras Hispânicas – e a Capela de San Ildefonso, onde se encontram sepultadas destacadas figuras relacionadas com a Universidade, como Pedro de Gumiel, Antonio de Nebrija ou o próprio cardeal Cisneros, cujos restos repousam num sepulcro de estilo renascentista, em mármore de Carrara, com um desenho de Doménico Fancelli alusivo ao mundo militar, intelectual e religioso. Os estuques com motivos góticos, mudéjares e renascentistas e a decoração artesanal policromada com delicados rendilhados dão origem a um lugar de especial beleza.

Catedral Magistral

Segundo a tradição, a catedral foi erigida no lugar onde receberam sepultura os Santos Niños, Justo e Pastor, patronos da cidade, cuja festa se celebra no dia 6 de agosto. As suas relíquias encontram-se na cripta do templo. É uma das duas únicas igrejas em todo o mundo que têm o título de “Magistral”, que significa que todos os seus cónegos deviam possuir o título de ‘magister' da Universidade.

Casa Museu de Cervantes

O restauro de que foi objeto em 1956 pretendia recuperar a casa onde nasceu, em outubro de 1547, Miguel de Cervantes Saavedra, autor de El ingenioso hidalgo Don Quijote de la Mancha. A intenção foi reconstituir os aposentos tal como seriam no século XVI dotando-os também de coleções de pintura, talha e objetos decorativos da época.

Museu Arqueológico Regional

Situado no Convento Dominico de la Madre de Dios, um edifício construído entre os séculos XVII e XVIII, este museu reúne uma coleção de peças arqueológicas encontradas na Comunidade Autónoma de Madrid.

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que não pode perder na sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.