Córdoba

  • cor1.jpg
  • O que ver
  • História
  • Tradição e gastronomia
  • Como chegar

Córdoba conta com numerosas jóias arquitetónicas, herança das diferentes civilizações que passaram pela Península Ibérica. Esta é apenas uma pequena seleção do seu importante legado artístico.

Mesquita Catedral de Córdoba

É o monumento que melhor resume a presença muçulmana no ocidente. A sua construção iniciou-se no ano 785 d.C., sobre a planta de uma antiga igreja dedicada a São Vicente, e foi ampliada em sucessivas etapas do reino de Al-Andalus e, posteriormente, pelos cristãos após a Reconquista. Do bosque de colunas e arcos que adornam a mesquita destaca-se o Mihrab, com as suas passagens do Corão gravadas a ouro, e os seus esplêndidos mosaicos. Outros elementos de destaque são o teto decorado, os fustes de diferentes tonalidades e as bases ornamentais.

Sinagoga de Córdoba

A sinagoga começou a construir-se em 1315. Na parte superior encontra-se a galeria reservada às mulheres. A sala de oração tem três balcões ornamentados com arcos polilobados, e um tabernáculo destinado à Tora na parte oriental.

Medina de Azahara

Abb al-Rahman ordenou a construção deste palácio, reflexo da grandiosidade do Califado de Córdoba, para albergar a sede do seu governo. Embora atualmente apenas se conservem os restos do edifício, é possível contemplar as partes da Medina que formavam o Salão Rico, o grande pórtico, a Casa de Yafar e a mesquita, entre outras divisões do palácio. A Medina de Azahara encontra-se situada nos arredores da cidade de Córdoba.

Alcázar dos Reis Cristãos

Este edifício de carácter militar foi construído por ordem de do monarca Alfonso XI em 1328. Posteriormente serviu como lugar de residência dos Reis Católicos, durante oito anos. O estilo mudéjar pode contemplar-se nos pátios e jardins da fortificação, defendida por quatro torres – Paloma, Homenaje, Leones e Inquisición – que conformam uma estrutura quase quadrada. Merece destaque a sala principal, denominada Sala dos Mosaicos, onde se podem contemplar magníficos mosaicos e um antigo sarcófago do século III.

Ponte Romana

Edificada como parte da principal via de ligação ao resto da Península, a ponte cruza o rio Guadalquivir e une o Campo de la Verdad com o Barrio de la Catedral. A ponte é também conhecida como a Ponte Velha, tem 331 metros de comprimento, e é formada por 16 arcos.

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que não pode perder na sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.