Noite: Barrio de Las Letras

  • NOCHEBarriodeLasLetrasCafeCentral_1404290232.528.jpg
  • salmon guru 2
    guru3.jpg

Artéria principal do Barrio de Las Letras, Huertas tem gravados no seu empedrado alguns dos versos mais célebres da literatura dos séculos XVI e XVII, em homenagem aos seus residentes mais ilustres, como Miguel de Cervantes, Lope de Vega, Francisco de Quevedo e Luis de Góngora. Esse espírito de bairro lúdico, onde abundavam as tabernas e as “fondas” continua vivo nos dias de hoje.

O Barrio de Las Letras é uma das mais concorridas zonas de ócio noturno da capital, porque aqui é possível encontrar um animado ambiente em qualquer dia da semana, e também pela sua variada oferta de estilos musicais. É no ângulo reto formado pelas ruas Príncipe e Huertas, com a praça de Santa Ana no meio, que se concentra a maior parte desta oferta.

A vida noturna deste bairro caracteriza-se por uma grande diversidade, tanto de estilos como de idades e de hábitos de ócio, e nas suas ruas existem lugares para todos os gostos. O facto de que as principais ruas da zona são praticamente pedonais – em especial a rua Huertas e as ruas adjacentes – fazem do bairro um espaço agradável para uma saída noturna. O traçado característico e antigo das suas ruas estreitas e algo labirínticas não representa um problema para conseguir encontrar o local desejado, uma vez que quase todos os locais contam com pessoal de relações públicas que circulam pela zona informando sobre as ofertas especiais de consumo, e o tipo de ambiente de cada bar.

Nesta zona, especialmente popular entre a comunidade de estudantes estrangeiros, e também procurada pelos rostos conhecidos do teatro e da televisão, existem vários pubs e discotecas de ambiente juvenil, como Mi madre era una groupie. Algumas destas discotecas estão abertas durante toda a noite, para os que querem desfrutar de uma saída até às últimas horas da madrugada. Nas ruas do bairro convivem em harmonia outros estabelecimentos, como Salmón Gurú, para os que preferem desfrutar de uma bebida num ambiente mais distendido, para comentar a obra que acabaram de ver no vizinho Teatro Español, outros dos espaços muito frequentados desta zona da cidade. Um dos últimos locais a abrir as suas portas no bairro é Decadente, que oferece muitas opções para os amantes do ócio noturno, e que inclui um restaurante, um cocktail-bar, e um bar informal.

No Barrio de las Letras também é possível desfrutar de atuações de música ao vivo de diferentes estilos, do jazz ao flamenco.

Partindo de Plaza del Ángel, o famoso Café Central reclama uma visita obrigatória a este espaço emblemático, onde o jazz é o protagonista há mais de três décadas, e que conquistou um lugar de pleno direito no ranking dos clubes europeus dedicados a este estilo musical. Para assistir às sessões de música ao vivo, que têm lugar todos os dias das 21:00 às 23:00 horas, é possível reservar lugares antes do concerto, junto ao piano de cauda que preside o palco. O som do saxofone, e os ritmos do blues e do soul também estão presentes em La Fídula, outro espaço de Huertas dedicado ao jazz.

Cervejarias e restaurantes rodeiam a emblemática Plaza de Santa Ana, onde se destaca a imaculada fachada branca do Hotel ME Madrid Reina Victoria, herdeiro do antigo ‘hotel de los toreros’, assim hcamado por ali se hospedarem as principais figuras da tauromaquia que há décadas visitavam a praça de touros de Las Ventas, e que conta hoje com um fabuloso terraço, de onde se podem apreciar umas espetaculares vistas da capital.

Á medida que vamos descendo a rua Huertas, e ao deixar para trás a Plaza de Santa Ana, chegamos à rua Echegaray, á nossa esquerda, onde o flamenco é o rei das noites no tablao do Cardamomo, uma das salas mais populares dedicadas a esta forma de expressão artística. Na zona vão-se alternando as discotecas e os locais como o Carbones 13, com a sua decoração retro, e famoso pelos seus elaborados gin tonics. Vermú é o local perfeito para desfrutar de um bom vermute, e para desfrutar de tapas ao mais puro estilo castiço de Madrid, nada como começar a noite com uma visita à Taberna de los Gatos.

Do outro lado de Huertas encontra-se a Plaza de Matute, onde locais de vários estilos oferecem uma programação que inclui sessões com DJ, e que é também um ponto de encontro de atores e artistas.

 

TAMBÉM PODEM INTERESSAR-TE

Á descoberta de alguns dos melhores bares e discotecas de Madrid, nos arredores de Puerta del Sol e de Gran Vía.

Música ao vivo para todos os gostos, e a possibilidade de dançar até de madrugada: tudo é possível à noite no bairro de Austrias.

Princesa é uma dessas zonas da capital onde é possível renovar-se explorando as novas e mais jovens tendências da sua vida noturna.

O bairro de Salamanca deslumbra de noite, com a sua atmosfera sofisticada e elegante.

  • Consulte a seleção que esMADRID.com realizou dos eventos mais relevantes que terão lugar na nossa cidade em 2018.

    Calendário de eventos 2018
  • Tamara de Lempicka
Publicidade
  • Descarrega o nosso mapa com toda a informação necessária para te orientares em Madrid!

    Mapa Zonas turísticas (PDF)
Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.