Noite: Chueca

  • NOCHEChueca_1404291836.56.jpg
  • 1348803049_2452012121918_adj.jpg
  • Kubrick 1
    kubrick1.jpg

A fama internacional de que desfruta a noite de Madrid deve-se, em grande parte, ao ambiente de alegria que se respira nas zonas de “marcha”, como o bairro de Chueca, onde os pequenos bares e pubs locais se convertem em lugares de festa, onde todos são bem-vindos.

O bairro começou a destacar-se como uma zona de ócio noturno há várias décadas, quando a comunidade LGTBI encehu de vida as suas ruas e praças, que até então tinham permanecido algo esquecidas. Hoje em dia, Chueva é um bairro aberto a toda a gente que pretende desfrutar de uma noite de festa num ambiente de respeito e cumplicidade.

Entre os locais clássicos da zona, sejam ou não de ambiente (predominantemente dirigidos à comunidade LGTBI), destacam-se alguns que quase podem considerar-se património cultural da cidade. É o caso do mítico e histórico Museo Chicote, várias vezes escolhido como o melhor bar da Europa. Por ele passaram muitas das grandes estrelas da idade de outro de Hollywood, e o escritor Ernest Hemingway; o local acolhe hoje em dia os melhores DJ da capital, e é frequentado por conhecidas figuras do mundo da arte e da cultura popular de Madrid.

Outro clássico nas noites de Chueca é o mítico Black & White (Libertad, 34), um espaço pioneiro para o movimento LGTBI que 30 anos depois, continua a oferecer sessões renovadas cada semana. Outro espaço histórico é o café Libertad 8 (que se situa, como o nome indica,no número 8 da rua Libertad), onde se deram a conhecer muitos dos “cantautores” mais emblemáticos da noite madrilena. Apesar das sucessivas mudanças de nome, o Teatro Barceló TClub, sucessor da famosa discoteca Pachá, permanece como um dos ícones da noite de Chueca, compartindo casa, no mesmo edifício, com a Sala Ocho y Medio.

Junto a estes locais emblemáticos, existem numerosos bares, pubs e discotecas, que oferecem todo o tipo de ambientes para assegurar a diversão dos amantes do ócio noturno. Espaços como Kubrick (Libertad, 28), com o seu design vanguardista, ou LL Showbar (Pelayo, 11), uma das salas com os espetáculos mais loucos e frenéticos do bairro, onde o talento se revela nos seus concursos de drag queens. Para os que querem prolongar a diversão, DLRO (Pelayo, 59), abre todos os dias até às cinco da madrugada.

Para os que procuram ambientes mais identitários, existem também opções mais especializadas. Muitas pessoas que se identificam com a cultura bear reúnem-se em locais como Enfrente (Infantas, 12), Zarpa (Infantas, 26), The Paso (Costanillla de los Capuchinos, 1) ou Hot (Infantas, 9).

Entre os locais mais vocacionados para a comunidade lésbica, merecem uma visita espaços como Truco ou Fulanita de Tal.

 

TAMBÉM PODEM INTERESSAR-TE

Á descoberta de alguns dos melhores bares e discotecas de Madrid, nos arredores de Puerta del Sol e de Gran Vía.

Música ao vivo para todos os gostos, e a possibilidade de dançar até de madrugada: tudo é possível à noite no bairro de Austrias.

Um dos bairros mais agradáveis da capital a qualquer hora, apreciado pelos amantes das tapas durante o dia, e com uma animada vida noturna.

Princesa é uma dessas zonas da capital onde é possível renovar-se explorando as novas e mais jovens tendências da sua vida noturna.

  • Desfruta da noite madrilena em qualquer dos locais da associação de Salas de Música em Direto La Noche en Vivo.

    Música ao Vivo
  • Música en Vivo
Publicidade
  • Relaxar enquanto desfruta de uma bebida, dançar toda a noite ou desfrutar de uma obra de teatro é possível em Madrid. Deixe-se levar, e escolha o seu estilo.

    Noite

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.