Madrid, uma porta aberta à diversidade

  • Puertaaladiversidad_1403703119.277.jpg

Madrid é uma cidade que se vive, mas que sobretudo se sente, e que sempre recebe com os braços abertos, acolhendo e integrando todos os que vêm de fora. Espanha conta com uma das legislações em matéria de igualdade e de defesa dos direitos do coletivo LGTBI mais avançadas do mundo. Desde 2005, o matrimónio entre pessoas do mesmo sexo é uma realidade. Tudo isto se reflete intensamente na vida da capital espanhola, um referente para muitos países que começam agora a percorrer o caminho para alcançar a plena igualdade.

Muito mais que um bairro, Chueca é uma referência para o movimento LGTBI em todo o mundo. O seu nome evoca liberdade, respeito e tolerância. E não é para menos: aqui teve início uma tendência para a visibilidade, que agora resulta imparável, uma forma de viver baseada no respeito.

Há algumas décadas começaram a instalar-se na zona bares, restaurantes e diferentes negócios, como livrarias e lojas de moda, especializados no mundo LGTBI, entre os quais alguns que se converteram já em todo um símbolo, como a livraria Berkana, o café El Figueroa ou a sala de espetáculos Black and White, entre outros. Inicialmente a sua presença surpreendeu os vizinhos de toda a vida, que foram testemunhas privilegiadas da transformação do seu bairro no epicentro da tolerância e da modernidade. Um lugar onde se desfruta de um estilo de vida livre de preconceitos e de exclusões.

O bairro é uma das zonas mais cosmopolitas e vibrantes de Madrid. A praça de Chueca é o seu centro nevrálgico, junto com a praça de Pedro Zerolo, que desde 2015 tem o nome de um dos ativistas que mais trabalhou pela defesa dos direitos da comunidade LGTBI em Espanha. Galerias de arte de vanguarda, lojas com a moda mais atual, restaurantes de cozinha internacional e animadas esplanadas inundam cada rua e cada recanto do bairro, que desfruta de uma agita vida de dia e de noite. Porque a noite aqui presume de ser uma das mais animadas da cidade.

As zonas próximas fundem a sua energia e a sua vitalidade com o bairro de Chueca, oferecendo ao visitante uma ampla e diversa oferta, difícil de igualar. É o caso da rua Fuencarral –protagonista indiscutível do shopping em Madrid-, Malasaña –onde reside o coração mais indie da cidade, ponto de encontro dos criadores emergentes- e Salesas, com um espírito entre o chique e o boémio.

LAVAPIÉS E LATINA

São dois bairros vizinhos e multiculturais. Mais do que falar de fusão, aqui é fácil ver como os vizinhos de sempre convivem com os novos vizinhos latinos, africanos e asiáticos. São dois dos bairros mais antigos da cidade que, sem perder o seu sabor mais castiço e tradicional, se converteram num exemplo de integração graças à rica diversidade étnica das suas ruas.

Muitos novos locais LGTBI-friendly decidiram abrir as suas portas em La Latina, o bairro mais popular e divertido para desfrutar dos domingos madrilenos. Lavapiés é também o centro de uma interessante “movida” gay e lésbica alternativa, exemplo claro da ampla variedade de espaços de tolerância da cidade.

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que não pode perder na sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.

Publicidade