Compras: Gran Vía

  • Compras: Gran Vía
    compras_gran_via.jpg
  • Compras: Gran Vía
    compras_gran_via.jpg
  • Compras: Gran Vía
    compras_gran_via.jpg
  • Primark
    primark.jpg
  • granviacomprasstarbucks_1401868188.418.jpg

A Gran Vía é, provavelmente, a artéria mais conhecida e mais animada de Madrid. Uma magnífica avenida, de 1300 metros de longitude, com mais de cem anos de história, onde se situam algumas das lojas mais procuradas da cidade. Um autêntico centro comercial ao ar livre, que cada ano atrai mais de 10 milhões de pessoas.

A Gran Vía começa a leste, na confluência com a rua Alcalá, e estende-se até Plaza de España, com três troços principais:

De Alcalá a Red de San Luis

Este primeiro troço é dos mais belos, do ponto de vista arquitetónico, e alberga algumas das suas lojas históricas, que sobrevivem ao poder das grandes cadeias de marcas e de franchising internacionais. Entre as mais destacadas podemos mencionar a elegante loja de LOEWE, no número 8, a joalharia Grassy, no número 1 – um verdadeiro museu do relógio de alta gama, e a joalharia Sanz, que chegou a adornar de esmeraldas o pescoço da rainha Victoria Eugenia.

Estos estabelecimentos mantêm viva a memória de uma época em que a Gran Vía era sinónimo de elegância e distinção. No entanto, os novos tempos foram atraindo para esta artéria novas marcas globais e populares. Neste primeiro segmento da rua encontramos algumas lojas mais recentes, como o novo espaço de New Balance, no número 18, ou o local de Adidas, no número 21, na esquina com a rua Montera, onde se inicia o segundo segmento da Gran Vía.

De Red de San Luis a Callao

Conhece-se como nome de Red de San Luis a”rede”formada pelas ruas Montera, Fuencarral e Hortaleza, que atravessam a Gran Vía neste ponto. Aqui começa o troço central e mais frequentado desta artéria, onde podemos encontrar algumas das suas maiores lojas, que ocupam hoje antigos cinemas ou fazem reviver o esplendor de antigas galerias comerciais, que em algum momento chegaram a rivalizar com as de Paris.

O 28 é ocupado pelo edifício Telefónica, antiga sede da companhia nacional de telecomunicações, que hoje acolhe uma grande loja de tecnologia e um espaço cultural. Numerosas firmas de moda, para todos os gostos, abrem as suas portas nesta parte da rua: Bershka, Stradivarius, Cortefiel, e H&M, cujo local no número 37 permite admirar a talha dourada do antigo cinema Avenida e da mítica sala de festas Pasapoga, por onde passaram desde espiões nazis a estrelas como Ava Gardner e Gary Cooper; ZARA, no número 34; uma das lojas oficiais do Real Madrid, no número 31; e PRIMARK, cujo original espaço no número 32 tem causado furor.

Entre tantas firmas de moda internacionais, vale a pena parar no número 29 e explorar as escadas e os recantos de La Casa del Libro, uma loja que assistiu à viragem do século XX, e que oferece um enorme catálogo de livros, em que os “best sellers” se unem aos manuais académicos especializados, e a fantástica loja de tecidos de Julián López, no número 27.

De Callao a Plaza de España

Junto ao edifício Capitol e ao seu famoso cartaz luminoso de Schweppes, arranca o último troço da Gran Vía. Desde aqui até Plaza de España encontraremos inúmeras lojas de recordações para turistas, mas também alguns estabelecimentos importantes, como a loja de Benetton, no número 41, a de Lacoste, no número 51, Carmina, no 58, e a loja do Atlético de Madrid.

TAMBÉM PODEM INTERESSAR-TE

Moda independente para todas as ocasiões, os complementos da moda e espaços delicatessen para os paladares mais exigentes.

Entorno senhorial, com estabelecimentos exclusivos, em que adquirem especial protagonismo a alta costura e a moda masculina.

Á descoberta da ‘milha de ouro’ de Madrid. Para desfrutar de um capricho!

Flores, artesanato e gastronomia de todo o mundo, livrarias-cafés, um mercado de bairro reinventado, e uma ruas com perto de 300 anos de história.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.

Publicidade
  • Consulte a seleção que esMADRID.com realizou dos eventos mais relevantes que terão lugar na nossa cidade em 2018.

    Calendário de eventos 2018
  • Tamara de Lempicka