Dinheiro em Madrid

  • Dinero en Madrid
    dinero_en_madrid.jpg

Câmbio de moeda

As notas e moedas que utilizará durante a sua estadia em Madrid serão euros, a divisa comum da Zona Euro desde 2002. Existem oito moedas diferentes, de 1, 2, 5, 10, 20 e 50 cêntimos de euro, além das moedas de 1 e 2 euros. Por outro lado, as notas têm um valor de 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 euros.

O aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas, as estações ferroviárias de Atocha e Chamartín ou os principais intercambiadores de autocarros – Avenida de América, Méndez Álvaro e Moncloa – contam com estabelecimentos de câmbio de moeda, os quais também são fáceis de encontrar nas zonas mais cêntricas de Madrid, especialmente nos arredores de Puerta del Sol. Além disso, o câmbio de divisas pode realizar-se em qualquer banco, havendo hotéis que também oferecem este serviço.

Ao tratar-se de um serviço cujo preço varia em função do mercado, é recomendável consultar previamente os valores de compra-venda do euro para esse dia.

Ao planejar a forma de administrar o dinheiro para a viagem, saiba que algumas lojas e estabelecimentos da capital não aceitam notas de alto valor, mesmo as que são legais. Isso afeta notas de 100, 200 e 500 euros.

Cartões de crédito e caixas automáticos

Ficar sem dinheiro em numerário não será um problema em Madrid, uma vez que em qualquer ponto da cidade podemos encontrar caixas automáticos, e na grande maioria dos estabelecimentos comerciais é possível pagar o nosso consumo ou as nossas compras com um cartão de crédito, incluindo o bilhete do metro! (no metro você pode pagar com cartão, mas não na rede de ônibus urbanos).

Visa e Mastercard são os tipos de cartões de crédito mais conhecidos, sendo menos habituais os estabelecimentos que aceitam os cartões American Express ou Diners. Consulte o seu banco para conhecer a informação relativa às comissões pela utilização do cartão de crédito em Espanha, porque a percentagem a aplicar por cada transação dependerá da entidade à qual pertence a sua conta bancária.  

Quase todos os estabelecimentos aceitam pagamentos com cartões, embora alguns peçam um mínimo de despesa (entre 5 e 10 euros). Além disso, antes de entrar em um táxi, se você não tiver dinheiro, é conveniente perguntar se tem um dataphone. Existem distintos aplicativos como Free Now através dos quais é possível solicitar um táxi e pagar com cartão mediante o mesmo.

Gratificações

O conceito de gratificação em Madrid está diretamente relacionado com a satisfação do cliente pela atenção que lhe foi dispensada. A gratificação conserva o seu carácter original de “voluntária” e à discrição do consumidor, pelo menos entre a clientela nacional.

Em alguns restaurantes é habitual cobrar entre 2 e 3 euros adicionais pelo pão ou pelo couvert – estando o local obrigado a informar o cliente sobre este custo, podendo este rejeitá-lo se assim o quiser; mas de um modo geral impera a vontade do cliente quando se trata de agradecer a amabilidade e a qualidade do serviço sob a forma da gratificação adicionada à conta final.

Este costume é extensível a outros serviços turísticos, nos quais existe algum tipo de atenção personalizada, como é o caso dos hotéis, táxis, salões de beleza ou cabeleireiros.

Todos os estabelecimentos incluem o preço do serviço, mas nos hotéis e restaurantes é habitual que na lista apareça a indicação IVA NO INCLUIDO (IVA não incluído). Isto significa que ao preço do que consumimos se adicionará um valor correspondente a 10% do total da fatura.

Tax-free (reembolso do IVA)

Se você reside habitualmente em um país que não é membro da União Europeia, você pode obter, se cumpre determinadas condições, o reembolso do Imposto sobre o Valor Acrescentado( IVA), pelas mercadorias que comprou durante sua estadia na Espanha (Península e Ilhas Baleares).

Condições que deve cumprir:

  • Efetuar as compras em uma loja que ofereça o formulário eletrônico DIVA tax free (a partir do dia 1 de janeiro de 2019 é de uso obrigatório);
  • As compras efetuadas devem ser de caráter pessoal, quer dizer, desprovidas de finalidade comercial;
  • Deverá levar consigo as mercadorias compradas a seu país de residência habitual, no prazo de três meses seguintes à data da realização de suas compras.

Consulta todo o procedimento neste documento.

Nos escritórios do Aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas se poderá solicitar a devolução do imposto a pessoas não residentes na UE por suas compras em Espanha. Além disso, o El Corte Inglés dispõe de um escritório em suas lojas onde é possível obter um reembolso do IVA pelas compras realizadas na loja, mostrando um comprovante de identidade. Os clientes de fora da União Europeia poderão se beneficiar de uma devolução de IVA de até 15,7 % do montante de suas compras.

Por sua parte, o operador internacional de tax free, Global Blue, abriu seu primeiro local VIP Free Shopping em Madrid, concretamente na rua Claudio Coello. Um serviço exclusivo com uma equipa multi-idiomas que permite aos turistas de fora da União Europeia receber um reembolso do IVA sem ter que esperar o último día de sua viagem.

 

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que você não pode perder em sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid. Não perca o Guia turístico oficial de Madrid!

  • Alguma informação básica que é conveniente conhecer, para evitar surpresas inesperadas e desfrutar ao máximo da sua estadia.

    Conselhos práticos
  • Consejos prácticos
  • Prepare o seu bilhete de identidade, o seu passaporte e, se for necessário, o seu visto, antes de pegar na sua mala para desfrutar de Madrid!

    Documentos para a viagem
  • Documentos para el viaje
Publicidade
  • O aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas encontra-se situado a apenas 30 minutos do centro da cidade em transporte público.

    Como chegar a Madrid em avião
  • Cómo llegar en avión

PRODUTOS OFICIAIS

Encerrado até novo aviso

Serviço suspenso até novo aviso

As suas recordações de Madrid