Documentos para a viagem

  • documentosviaje_1403709210.374.jpg

A Espanha é um dos países que subscreveram o Acordo de Schengen, pelo qual se permite a livre circulação dos visitantes procedentes de qualquer dos estados membros do mesmo, sem qualquer controlo fronteiriço. Se este não for o seu caso, deverá solicitar um visto turístico na embaixada espanhola do seu país de residência.

Passaporte

Além do Acordo de Schengen, que abrange os residentes na Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Islândia, Itália, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Suécia e Suíça, existem também outros acordos com determinados países, que simplificam a entrada em Espanha, para os quais não é exigido um visto de entrada, sendo suficiente a apresentação de um passaporte válido. É este o caso de Andorra, Argentina, Austrália, Brasil, Brunei, Canadá, Cidade do Vaticano, Costa Rica, Croácia, El Salvador, Estados Unidos da América do Norte, Guatemala, Honduras, Hong Kong, Israel, Japão, Macau, Malásia, México, Mónaco, Nicarágua, Nova Zelândia, Panamá, Paraguai, República da Coreia, São Marino, Singapura, Uruguai e Venezuela.

 

Vistos

Os requisitos habitualmente exigidos para obter um visto passam por demonstrar a existência de meios económicos suficientes para a sua viagem, o documento comprovativo dos voos de ida e volta, e a reserva do alojamento, embora o procedimento possa variar de um país para outro, pelo que a informação completa se deve obter na Embaixada de Espanha correspondente, que poderá encontrar na página web do Ministério de Assuntos Exteriores espanhol.

Se o motivo da viagem for exclusivamente turístico, deverá solicitar um visto de curta duração (Schengen). Estes vistos permitem o trânsito e estadia no território de Espanha e nos restantes Estados que subscreveram o Acordo de Schengen, com uma duração não superior a três meses (90 dias) durante um período de seis meses (180 dias) a contar da data de entrada no Espaço Schengen.

Se a sua viagem a Espanha se realiza com outros fins, deverá obter um visto nacional de longa duração. Estes vistos habilitam o interessado para residir, residir e trabalhar, estudar ou desenvolver trabalhos de investigação em Espanha. Todos os estrangeiros que queiram residir, residir e trabalhar ou estudar em Espanha devem estar na posse de um visto deste tipo, exceto quando se trate de cidadão da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega ou Suíça.

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que não pode perder na sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.