De compras por El Rastro

  • elrastro2_1423666788.48.jpg
  • comprasRastro_1401872838.75.jpg

Poucas coisas são mais castiças e madrilenas do que El Rastro, um mercado de rua ao ar livre que se realiza aos domingos e feriados na rua Ribera de Curtidores e nas artérias adjacentes. Mercadorias de todo o tipo, objetos curiosos, antiquários... E em volta, inúmeras tabernas e bares para desfrutar de um aperitivo.

O Rastro de Madrid realiza-se todos os domingos e feriados, e localiza-se no bairro de Embajadores, onde centenas de postos ambulantes se estendem em volta da Plaza de Cascorro, da ampla rua de Ribera de Curtidores (artéria principal) e pelas ruas vizinhas, até à Ronda de Toledo e Embajadores. Este mercado deve o seu nome ao rastro de sangue que deixavam as reses quando eram sacrificadas e se traziam desde o matadouro. Nesta zona localizavam-se as fábricas de curtumes, que aproveitavam as peles dos animais (daí provém o nome da sua principal artéria).

Uma visita ao mercado antes das 11.00 permitirá passear tranquilamente entre os postos de venda, mas para viver o animado ambiente que carateriza este mercado a melhor hora é entre o meio-dia e as 15.00 horas, quando termina o mercado. Não perca de vista o “chulapo” que vende barquilhos, ou a senhora idosa que toca o realejo, personagens típicos de El Rastro e da faceta mais castiça de Madrid.

O que encontrar no Rastro

Artigos difíceis de encontrar nas lojas habituais: móveis vintage, objetos curiosos ou de coleção. Postos de antiguidades, artigos de segunda-mão, livros antigos, componentes eletrónicos, roupa, complementos... Praticamente tudo o que lhe possa ocorrer. O melhor é dar uma volta pelo mercado, e deixar-se surpreender.

Embora não exista uma organização fixa, os postos de venda agrupam-se habitualmente em função do tipo de artigos ou de mercadoria que comercializam. Por exemplo, a praça do General Vara de Rey reúne um grande número de postos de venda de roupa de segunda-mão, enquanto nas ruas del Carnero e Carlos Arniches se vendem livros usados a preços de ocasião (ideal para os colecionistas). A dinâmica deste mercado é a compra-venda tradicional de um mercado ambulante, mas é sempre possível regatear o preço.

Para concluir o nosso passeio, nada como uma paragem num dos bares típicos da zona, para desfrutar de um merecido aperitivo com a sua tapa de acompanhamento, depois de uma intensa manhã de domingo ou de um feriado no Rastro. E para aqueles que têm um apetite mais aguçado, também não faltam os restaurantes de cozinha tradicional.

De segunda-feira a sábado

Nos restantes dias da semana, a comprida e inclinada rua de Ribera de Curtidores oferece numerosas lojas especializadas: principalmente em desportos de montanha –roupa técnica nova e de segunda-mão das principais marcas em Makalu, +Montaña, OS20, El Rincón de la Montaña…–, móveis feitos à mão, fotografia –Fotocasión é um dos estabelecimentos de referência da cidade –, antiguidades, antiquários e restauradores – de ambos os lados da rua existem dois pátios de interessante arquitetura, em cujo interior se concentram um bom número de negócios deste tipo –, livrarias, lojas de tecidos, drogarias, lojas de animais de estimação.

Madrid Imprescindível

Os dez lugares que não pode perder na sua primeira visita!

Consulte e descarregue a informação turística imprescindível para se mover por Madrid.

Publicidade

PRODUTOS OFICIAIS

Desfruta de uma das melhores vistas da cidade, a 92 metros de altura.

Sobe a bordo e descobre a cidade em formato panorâmico.

Descarrega a aplicação das obras primas do Prado, Thyssen e Reina Sofía.