Museu das Coleções Reais

Construido no complexo do Palácio Real de Madrid, como remate da cornija que se abre aos jardins de Campo del Moro desde a praça de La Almudena, este grande museu oferecerá ao público um percurso através da história da monarquia espanhola, e do gosto artístico de cada um dos seus protagonistas, desde os primeiros reinados da Idade Média até à época de Juan Carlos I.

Depois de inaugurado, o museu será o principal motor da atividade cultural de Patrimonio Nacional, e nele se poderá apreciar a enorme riqueza e diversidade das Coleções Reais vinculadas a este organismo, convertendo-se assim no principal eixo das visitas ao complexo do Palácio Real, e permitindo o acesso ao mesmo, desde a praça de La Almudena e também desde os jardins de Campo del Moro e de Madrid Río.

As origens deste museu remontam-se a 1935, durante a II República, quando se iniciou o projeto da sua construção. Este projeto foi frustrado pelo início da Guerra Civil espanhola, em 1936. A ideia foi retomada em 1998, aprovando-se a construção do centro, cujas obras se iniciaram em 2006, tendo sido realizadas em quatro fases, até 2015. O edifício foi merecedor de vários prémios de arquitetura, com destaque para o primeiro prémio COAM de 2016 e para o FAD de arquitetura de 2017.

Museo de las Colecciones Reales

O edifício possui uma superfície total de 40475 m2, distribuídos por 6 pisos, que albergam três salas de exposição com alturas que variam entre os 6 e os 8 metros, uma sala de receção de obras de arte, 6 grandes armazéns, escritórios e espaços destinados aos departamentos técnicos das instalações. O edifício foi projetado para ser energeticamente eficiente.

Dos seus pisos, o piso -3, no nível mais baixo do edifício, é o mais amplo, com mais de 3500 m2, seguido dos pisos -2 e -1, com mais de 3000 m2 cada um. No piso 0, com 2269 m2, situa-se o acesso principal ao museu, e acima deste, os pisos 1 e 2 de menores dimensões. O museu dispõe assim de mais de 3200 m2 destinados à exposição permanente e mais de 1300 m2 dedicados às exposições temporárias.

Optou-se por um modelo de museu linear, com um percurso principal descendente, que tem início no acesso situado entre o Palácio Real, a Catedral de La Almudena e o próprio museu, terminando no piso -3, ao nível dos jardins de Campo del Moro.

O edifício contará também com uma cafetaria e com um espaço para ateliês didáticos. Os dois acessos ao museu estão situados na Plaza de La Almudena (junto ao Miradouro de la Cornisa, que oferece fantásticas vistas dos jardins de Campo del Moro e da Casa de Campo) e na Cuesta de la Veja. O museu estará conectado diretamente ao eixo Madrid Río (através do túnel de Bonaparte – atualmente encerrado –), à Plaza de España e à Calle Mayor.

Geolocation
Vista aérea del Museo de las Colecciones Reales con el Palacio Real a su izquierda y la Catedral de la Almudena detrás © FCC
Museo de las Colecciones Reales
Museo de las Colecciones Reales visto desde el Puente de Segovia © FCC
Museo de las Colecciones Reales
Museo de las Colecciones Reales
Museo de las Colecciones Reales
Museo de las Colecciones Reales

Share on

Informação de interesse

Endereço

Calle
de Bailén, 8
28013
Zona turística: 
Austrias
Horário: 

Por confirmar

Tipo información turística: 
Web: 
https://www.patrimonionacional.es/
Metro: 
Ópera (L2, L5, R)
Comboios suburbanos (Cercanías): 
Madrid-Sol
Autocarro: 
SE712
Preço: 

Por confirmar