Reencontro

O Museu Nacional do Prado reabre as suas portas ao público no dia 6 de junho, com uma mostra que se estará patente até ao dia 29 de novembro, que reúne mais de 190 obras que evocam a museografia existente quando o museu abriu as suas portas pela primeira vez.

Uma mostra que inclui muitas das suas obras mais representativas, que estarão expostas no espaço da Galeria Central e nas salas adjacentes, um espaço emblemático cujas caraterísticas arquitetónicas permitem garantir o cumprimento das recomendações sanitárias, assegurando assim um modelo de visita seguro para o público.

Sala 24 del Museo Nacional del Prado

A mostra, que segue uma ordem preferentemente cronológica, desde o século XV aos inícios do século XX, inclui um total de 214 obras, apresentadas de uma maneira diferente, explorando o diálogo entre autores e obras, separados pela geografia e no tempo, e estabelecendo associações que nos falam de admiração, influências e rivalidades.

Créditos das imagens:

  • A Descida da Cruz, de Rogier van der Weyden. Óleo sobre madeira, 204,5 x 261,5 cm. Anterior a 1443. Museu Nacional do Prado, Madrid
  • A Anunciação, de Fra Angelico. Têmpera sobre madeira. 162,3 x 191,5 cm. Circa 1426. Museu Nacional do Prado, Madrid
  • As Fiadeiras ou a fábula de Aracne, de Diego Rodríguez de Silva y Velázquez. Óleo sobre tela, 220 x 289 cm. 1655-1660. Museu Nacional do Prado, Madrid

Devido às medidas especiais originadas pelo surto de COVID-19, o número de visitantes estará limitado a um terço da capacidade das salas, e o percurso abrangerá os espaços mais amplos e mais representativos do museu.

O acesso ao museu far-se-á pela Porta de Goya (exceto para os Amigos do Museu e pessoas que requeiram assistência, que utilizarão a Porta de Jerónimos) e a saída pela Porta de Murillo, para agilizar o fluxo de visitantes e facilitar o cumprimento dos requisitos sanitários.


 

Geolocation
Reencuentro
El Descendimiento. Rogier van der Weyden. Óleo sobre tabla, 204,5 x 261,5 cm. Antes de 1443. Museo Nacional de Prado, Madrid
La Anunciación. Fra Angelico. Témpera sobre tabla. 162,3 x 191,5 cm. Hacia 1426. Museo Nacional de Prado, Madrid
Las Hilanderas o la fábula de Aracne. Diego Rodríguez de Silva y Velázquez. Óleo sobre lienzo. 220 x 289 cm. 1655-1660. Museo Nacional de Prado, Madrid

Acessibilidade

Global Accesibility
Up
Psychic Accesibility
Up
Visual Accesibility
Up
Hearing Accesibility
Up

Share on

Informação de interesse

Fechas y hora

De segunda-feira a sábado: 10:00 - 20:00 h

Domingos e feriados: 10:00 - 17:00 h

Zona turística: 
Paseo del Arte

Direcction

Paseo
del Prado, s/n
28014
Web: 
https://www.museodelprado.es/actualidad/exposicion/reencuentro/1027b51a-a7dc-4199-7ce6-5ff4a2710f74
Comboios suburbanos (Cercanías): 
Madrid-Atocha
Autocarro: 
001, 6, 10, 14, 19, 26, 27, 32, 34, 37, 45, C03, E1
Metro: 
Banco de España (L2)
Estación del Arte (Antigua Atocha) (L1)
Preço: 

3,75 - 7,50 €

6 e 7 de junho – Acesso gratuito mediante aquisição prévia da entrada na página web oficial