A Gran Vía

A centenária Gran Vía, na zona turística de Sol / Gran Vía, é uma das principais artérias da cidade e uma das suas avenidas mais emblemáticas. A sua construção, entre 1910 e 1931, impulsionou o início da modernização da cidade, com a criação dos primeiros arranha-céus do país e a incursão das correntes arquitetónicas da época, procedentes dos Estados Unidos.

O projeto, pensado para descongestionar o caótico centro da cidade, formado por um aglomerado de ruelas, das quais 22 desapareceram, foi realizado em três troços, começando pela confluência com a rua Alcalá. O primeiro destes continuava até à Rede de San Luís, o segundo até à praça de Callao e, por último, o terceiro seguia até à praça de Espanha. Cada um destes troços reflete a nova arquitetura dos anos em que foram construídos.

Devido ao projeto ter de respeitar três edifícios religiosos – o Oratório de Caballero de Gracia, a igreja de San José e a desaparecida igreja de San Francisco de Borja – o traçado da avenida acabou por ser mais irregular do que o previsto. O resultado é um magnífico conjunto de edifícios que inclui alguns tão emblemáticos como o Metrópolis, o edifício da Telefónica, o Casino Militar, o Edifício Capitol ou o cinema Callao.

Geolocation
Gran Vía
Gran Vía
Gran Vía
Gran Vía
Gran Vía
Servicios: 

Pontos de informação

Zona de restauração

Zona comercial

Share on

Informação de interesse

Endereço

Calle
Gran Vía, s/n
28013
Zona turística: 
Sol / Gran Vía
Tipo información turística: 
Web: 
https://bit.ly/2zkQQGU
Metro: 
Callao (L3, L5)
Gran Vía (L1, L5)
Plaza de España (L2, L3, L10)
Santo Domingo (L2)
Comboios suburbanos (Cercanías): 
Madrid-Sol
Autocarro: 
001, 002, 1, 2, 3, 44, 46, 74, 75, 133, 146, 147, 148, M2, N16, N18, N19, N20, N21
Preço: 

Acesso livre.