Museu Geomineiro

Através das suas importantes coleções de minerais, rochas e fósseis procedentes de todas as regiões de Espanha e dos antigos territórios coloniais, além de jazimentos de todo o mundo, o Museu Geomineiro tem como função conservar, investigar e difundir a riqueza e a diversidade do património geológico, paleontológico e mineralógico.

Á importância científica destas coleções há que somar também o valor histórico das mesmas, pois a sua origem remonta-se à criação da Comissão do Mapa Geológico de Espanha, em 1849. Desde então as coleções foram-se nutrindo dos trabalhos realizados pelo IGME (Instituto Geológico e Mineiro de Espanha) ao longo de mais de 150 anos de investigações geológicas e mineiras. Embora o edifício date de 1927, ano em que foi inaugurado pelo rei Alfonso XIII, com motivo do XIV Congresso Internacional de Geologia.

A NÃO PERDER

O Museu Geomineiro continua a ter uma grande atividade, e fins de semana, e durante os períodos de férias, organizam ateliês educativos para crianças e adultos.

SURPREENDENTE

Costuma passar inadvertido, apese de ocupar um dos edifícios mais singulares do bairro de Chamberí. Obra da autoria do arquiteto Francisco Javier de Luque, é um exemplo extraordinario de um museu científico do início do século XX, com um salão central repleto de vitrinas de madeira talhada e coberto por uma grande clarabóia, com uma estrutura de ferro forjado e chumbo.

Geolocation

Share on

Informação de interesse

Endereço

Calle
de Rios Rosas, 23
28003
Zona turística: 
Chamberí
Horário: 

Seg.-Dom. e feriados: 09h00-14h00

O museu fecha nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 e 6 de janeiro.

Tipo información turística: 
Telefone: 
(+34) 91 349 57 59
Fax: 
(+34) 91 349 58 28
Email: 
m.geominero@igme.es
Web: 
http://www.igme.es/museo/
Metro: 
Ríos Rosas (L1)
Comboios suburbanos (Cercanías): 
Madrid-Nuevos Ministerios
Autocarro: 
3, 5, 12, 27, 37, 45, 149, 150, Circular
Preço: 

Entrada gratuita.