Jardins de Sabatini

Jardins de tipo clássico criados nos anos 30 no lugar ocupado pelas cavalariças construídas por Sabatini para o Palácio Real, sendo esta a origem do nome. Situados em frente da fachada norte do Palácio Real e impulsionados durante a Segunda República, a construção dos jardins terminou depois da Guerra Civil.

O seu caráter arquitetónico e ornamental como extensão do Palácio Real aumentou com a instalação de várias das esculturas que decoravam a cornija do Palácio. De desenho geométrico, a sua localização privilegiada faz deles um dos jardins mais belos da Madrid dos Austrias.

Embora sejam espetaculares a qualquer hora do dia, é ao cair da noite que alcançam o seu grau máximo de espetacularidade, pois este é um dos melhores lugares de Madrid para observar o crepúsculo. Do grande lago retangular do centro do Jardim, rodeado por fontes, árvores e esculturas de mármore branco, o visitante poderá contemplar como as tonalidades amarelas e avermelhadas mudam a cor das pedras acinzentadas do Palácio e ver finalmente o sol esconder-se atrás da Casa de Campo.

Geolocation

Share on

Informação de interesse

Endereço

Calle
Bailén, 2
28013
Zona turística: 
Austrias
Horário: 

Outubro-abril: Seg.-Dom.: 09h00-21h00

Maio-setembro: Seg.-Dom.: 09h00-22h00

 

 

 

Tipo información turística: 
Web: 
https://bit.ly/2vhf4Qa
Metro: 
Ópera (L2, L5, R)
Plaza de España (L2, L3, L10)
Sol (L1, L2, L3)
Comboios suburbanos (Cercanías): 
Madrid-Sol
Autocarro: 
3, 25, 39, 46, 75, 138, 148, C1, C2
Preço: 

Acesso livre