Malacatín

A história desta taberna tem início em 1895, quando Julián Díaz García, um migrante oriundo de Cuenca, abriu na Calle de la Ruda uma loja de vinhos e licores, que rapidamente se tornou popular na zona de El Rastro, pela simpatia do dono e da sua família, e pela presença de um mendigo que tocava a guitarra à porta do estabelecimento, cantarolando "tin, tin, malacatin", pelo que o local passou a ser conhecido como o Malacatín.

Na década de 1950, uma das filhas de Julián toma as rédeas da taberna, registando-a oficialmente com o nome de Malacatín. A partir desse momento decidem ampliar o negócio com o serviço de comida caseira, a preços populares e elaborada com boa matéria-prima. Mais tarde a sua oferta gastronómica ampliou-se com o tradicional cozido madrileno, de “tres vuelcos” (servido em três passos) sempre com produtos de primeira categoria, com um êxito rotundo.

Atualmente, a taberna Malacatín é gerida pela quarta geração desta família, tendo-se convertido num templo da melhor cozinha madrilena, com o cozido tradicional como seu máximo expoente.

A lista inclui pratos tradicionais madrilenos, além de um variado surtido de tapas e conservas. A lista de vinhos oferece uma ampla seleção de vinhos espanhóis e algumas referências internacionais que incluem vinhos provenientes de França, Alemanha, Itália e Marrocos. O local dispõe também de um menu para grupos.

Geolocation
Malacatín
Malacatín
Servicios: 

Ementa noutras línguas

Estabelecimento centenário

Menu infantil

Servicios complementarios: 

Admite cartões de crédito

Lista de vinhos selecionados

Cocktails

Refeições de grupo

Entrega ao domicílio

Guarda roupa

Reserva de mesa

Share on

Informação de interesse

Endereço

Calle
de la Ruda , 5
28005
Zona turística: 
La Latina
Horário: 

De domingo a terça-feira: 11:00 - 18:00 h

De quarta-feira a sábado: 11:00 - 24:00 h

Telefone: 
(+34) 91 365 52 41
Web: 
http://www.malacatin.com
Email: 
reservas@malacatin.com
Metro: 
La Latina (L5)
Tirso de Molina (L1)
Tipo cocina: 
Tabernas
Española
Madrileña
Tradicional
Autocarro: 
002, 17, 18, 23, 35, 60, M1, SE712, N26
Apertura: 
1895